Mídia programática, adbooking, comercialização online, barata e eficiente de mídia, são a salvação para as pequenas e médias redes de Digital Signage no Brasil.

Com o crescimento de capital estrangeiro entrando no mercado brasileiro, o setor tem sido um prato cheio para investidores. Baseado nos pilares escala, potencial de crescimento e baixo custo de aquisição, grandes fundos de investimento começaram a adquirir e fundir grupos de mídia out-of-home no Brasil.

Segundo uma matéria do Meio Mensagem  de fevereiro de 2016, executivos do setor acreditam que o mercado nacional deve se consolidar em cinco grandes players. Um espelho do que aconteceu nos Estados Unidos e principalmente na Europa em 2010. Mas o que acontece com você, pequeno e médio empresário dono de rede de Digital Signage?

Como já citamos aqui, um dos principais fatores que impedem o crescimento das pequenas e médias redes no Brasil é justamente o alto custo para comercialização de mídia. Isso se deve principalmente ao fato de que as empresas já nascem com alto custo de operação e ainda tem que ter um time de vendas para captar anunciantes. Como se tudo isso não fosse o bastante, a pequena rede é pouco atrativa para grandes marcas e muito cara para pequenos anunciantes. Parece um cenário catastrófico e sem saída, o que seria verdade se a tecnologia não tivesse avançado.

Em 2010 quando o mercado Europeu começou a ser fundido em quatro ou  cinco grandes redes, 90% da mídia out-of-home não era digital. Hoje o cenário e bem diferente:  53,4% da mídia out-of-home no Brasil já é digital. Mas e o que isso muda?

A principal vantagem de ter um sistema digital para mercado de MOOH é a escalabilidade. Alguns anos atrás quando uma campanha de MOOH era vendida por uma rede, uma logística complicadíssima e altamente cara entrava em ação, o que limitava muito a competição do mercado. Em contrapartida, hoje, com uma infraestrutura muito mais desenvolvida, campanhas publicitárias podem ser colocadas nas ruas em minutos, democratizando e estimulando ainda mais o mercado.

Continuando o avanço tecnológico, empresas do mundo todo tem trazido inovação para o marcado, a fim de torna-lo ainda mais atraente e competitivo.

Mas como a tecnologia pode salvar as pequenas e médias redes?

É muito simples: com o desenvolvimento tecnológico os custos para se manter uma rede de Digital Signage tendem a cair, licenças de software tendem a ficar mais baratas ou se tornar gratuitas, os equipamentos tendem a ficar cada dia mais acessíveis etc. Outro fator importante são as novas formas de comercialização de mídia, como citei no começo do texto. A venda de mídia é um dos fatores que está atrapalhando muito o crescimento das pequenas e médias empresas do mercado. Para solucionar isso, no embalo da mídia programática o adMooH vem despontando como a solução, democratizando e facilitando a venda e compra de mídia out-of-home digital no Brasil.

Como pequenas e médias redes podem ser tornar atraentes para um grande anunciante? Juntas, mas sem perder a identidade. Por outro lado, como estas redes podem baratear sua operação e ter um valor competitivo? Vendendo online! Entenda mais este conceito lendo o seguinte artigo:

Será que algum dia terei Coca-cola, Starbucks, McDonalds, ou Volkswagen como anunciantes em minha rede de sinalização digital?

Da mesma forma que hotéis não se preocupam mais em conseguir hóspedes, pois serviços como Booking.com o fazem para eles, as redes de Digital Signage podem usar o adMooH para conseguir anunciantes. Entenda mais este conceito lendo o seguinte artigo: Pense como se sua rede de Digital Signage fosse um hotel

O fato é que quanto mais tecnologias entram no mercado para facilitar e baratear a operação, aumentar o impacto, e ajudar na comercialização de mídia, melhor para todos.

Então não deixe de estar atento ao mercado e às novas tecnologias que para ele surgem. Garantimos que acompanhando isso sua empresa tem grandes possibilidades de crescer e estabilizar no mercado atual de mídia out of home. Boa sorte!

Cometários
Marcado com: , , , , ,